Jacinto Moreno é ator, diretor teatral e videasta




O videasta Jacinto Moreno, do Núcleo de
Audiovisual do Ponto de Cultura Cantiga de Ninar, em Itabaiana, teve seu
filme de curta metragem “Taxi” selecionado para o Festival
Ibero-Americano de Cinema e Vídeo – Cine Sul- no Rio de Janeiro, em sua
décima nona edição. Foram inscritos mais de 900 filmes entre curtas e
longas de documentário e ficção de 11 países latino americanos e da
península ibérica. Foram selecionados 176 trabalhos para competir no
Festival que acontece entre os dias 12 e 24 de junho.



O Cinesul – Festival Ibero-Americano de
Cinema e Vídeo foi criado, em 1994, no Rio de Janeiro, pela produtora
Pulsar Artes e Produção, como uma mostra de cinema e vídeo dos países do
Mercosul, a partir de uma iniciativa do Centro Cultural Banco do Brasil
Rio de Janeiro, tendo ampliado seu alcance já em sua terceira edição.



Em 2002, tornou-se um festival com
mostras competitivas e ao longo desses anos, cresceu e se estabeleceu
definitivamente como uma vitrine da produção cinematográfica
latino-americana. Desde a edição de 2006 passou a aceitar nas mostras
competitivas trabalhos da Península Ibérica por conta do grande número
de co-produções que Portugal e Espanha têm com os países
latino-americanos.



O Festival pede a presença do produtor
do filme em competição, mas as despesas de viagem serão bancadas pelo
interessado. “Estamos fazendo uma campanha para angariar fundos para
possibilitar a viagem de Jacinto ao Rio, a fim de participar deste
festival com seu trabalho que trata do mundo fantástico das lendas
urbanas”, disse Marcos Veloso, coordenador do Ponto de Cultura Cantiga
de Ninar. Jacinto Moreno participou de varios curtas e longas, como Ator, escreveu varias peças de teatro e as dirigiu algumas de sua autoria e de outros autores, participou de varios filmes, curtas e longas, (o Meio do Mundo de Marcus Villar, Mata Sete de Glaucia Guimarães, o Sonho de Inacin de Eliezer Rolin,  Canta Maria de Ramalho junior, Bem me quer, Mal me quer, curta de Marcos Velozo etc... - realizou filmes como O Anjo e a Serpente, Taxi, Viventes, Um dia antes do Natal, Uma Luz no fim do Túnel... - O Documentário sobre a nossa grande Dama do Teatro e Cinema Paraibano, ZEZITA MATOS, está tambem classificado no Cine-sul



Redação com Assessoria