Calendário

Maio 2016
DomSegTerQuaQuiSexSab
 << <Set 2017> >>
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031    

Anúncio

Quem está conectado?

Membro: 0
Visitante: 1

rss Sindicação

Visualização dos artigos postados: Maio 2016

09 Maio 2016 


VAMOS PRESTIGIAR O JACINTO MORENO, GENTE:



 



 



 



No dia 05 de JULHO, SEXTA FEIRA, HOJE,as 19
horas
, vai acontecer lançamento  OFICIAL,   “ CAMINHANTE “ -  no SEBO CULTURAL,  pertinho da TV Coreio



 



Dia 20 de JULHO,SABADO, as 19 horas, Secretaria de Educação – SANTA  RITA, lançamento  de  “ CAMINHANTE
“  e em seguida, exibições de  “ O ANJO E A SERPENTE – filmado em João
Pessoa, Santa Rita e Itabaiana -  ( IN
MEMÓRIA – GERALDO CORREIA DE OLIVEIRA, artista plástico, oléo sobre tela, criou
em Santa Rita o grupo de dança MASSAPÊ, fundou a banda de musica filarmônica
São José e fundou o grupo de Teatro Oficina de Artes – sob a direção de Jacinto
Moreno - E  ISRAEL NUNES )  - Um jovem Ator que dedicaria toda sua vida a
arte do fazer teatral – se não, a tragédia que o levou de nós ( Atores  no 
Filme )  - TAXI, VIVENTES, UMA LUZ
NO FIM DO TÚNEL,   filmes   de  Jacinto Moreno



 



BREVE,LANÇAMENTO SERÁ EM    BAYEUX/
ITABAIANA   a confirmar data e horário e
local.



 



Espero contar com a presença dos amigos, obrigado.



Admin · 67 vistos · Deixe um comentário
09 Maio 2016 


Tudo começou aqui.



                                No ano de
1.976, estive na cidade de  PATOS -
Pb,  onde estudei o primeiro ano técnico
Contabilidade no Colégio Roberto Simonsen. Tinha um primo que fazia teatro por
lá, o motivo eu não sei, só sei que nunca me levou ao ensaio do teatro. Em
1977, volto pra casa, em Mossoró-Rn, e num dia de domingo, escuto no rádio:
Hoje tem teatro no SESI, pluft, o
fantasminha
, e ai eu fui ao teatro e assistindo, fui me empolgando com o
resultado do espetáculo que ia me consumindo aos poucos. Terminado, procuro o
diretor – Iremar Leite, depois,
descobri que era um verdadeiro artista musical, compositor,  e na nossa conversa, ele  me disse, já fizesse alguma vez, sabe o que é,
e eu disse não e queria fazer porque tinha gostado e me apaixonado pela coisa.
Nessa brincadeira, perdi muitos dias de aulas vendo os ensaios da turma - só
que meus pais nunca desconfiaram que eu estava faltando aulas, eu pegava as
matéria com os colegas de classe - e como ele percebeu que eu estava muito
interessado, um dia, pra minha surpresa, ele me oferece um personagem numa peça
que se chama o Vaso Suspirado, não
me recordo o nome do autor. Fiquei muito feliz e agradecido e em casa decorando
texto minha querida mãe descobre e interfere, não queria que eu deixasse de
estudar pra freqüentar coisas  mundanas,
coisas de fresco, viado, e nisso, complicou tudo, tive que desistir, quer
dizer, perante a eles, meus pais, e apesar  disso, o diretor ficar chateado comigo porque
teve que encontrar um substituto pra mim. Fui ao  SESI e conversei com o Iremar Leite
 e ele depois de algum tempo em outra
montagem me aceita de volta, desta feita em o Peru do Cão Coxo, um



dos atos de o Auto da Compadecida de Ariano Suassuna
e vamos em frente e acontece tudo de novo, mais uma vez, desistindo e
complicando a vida dos atores do grupo de teatro do SESI,  -  um
dia levei minha mãe pra assistir um espetáculo dizendo a ela que teatro era
cultura, coisa sadia e que não tinha viado, só que foi uma verdadeira decepção,
o grupo de teatro que estava se apresentando 
era da capital e até o diretor era 
bicha, viado  mesmo, e ai, ela
virou  pra mim e disse:  é isso que você quer ser, viado, coisa ruim,
eu não criei meu filho pra isso não – minha mãe, tinha razão em parte, ela
queria que eu estudasse, não me envolvesse com essas coisas não -   mais um outro espetáculo aconteceu e  com isso o diretor não mais me aceita no
grupo, entendi seu ponto de vista, claro, depois de tantas, nesse dia sai
chorando do SESI em direção a minha casa, revoltado com os meus pais e o tempo
vai passando, passando... um certo dia,  1.978, estava  eu estudando na escola técnica de comercio União Caixeiral,  quando uma jovem -  Rita Dantas  - me 
procura dizendo, jacinto,
sabemos que tava fazendo teatro no sesi 
e a agente ta com uma peça  que a
professora de português  Eulália passou como trabalho de
turma,  o Pagador de Promessa de 
Dias Gomes – era um resumo do Original – foi ai, nesta data, que  eu e Vicente Neto, criamos o Grupo de Teatro Tártarus Produções Artísticas, que eram os povos
bárbaros que viviam na Ásia central, de cor amarela, cabelos lisos e pretos,
grandes e ferozes guerreiros, destruidor de outros povos, eram carnívoros, -  apresentação nos dias 19 a 24 de Novembro de
1.978, no auditório do SESI -   Vicente Neto  (fez a apresentação) Lazaro de Betania (Direção) Jacinto
Moreno
(Mestre Coca)  Jércio Manoel (Dedé) Gilvaneide
Sousa
(Rosa) Rita Dantas (Minha
Tia) Vicente Netto (Padre Olavo) Francisco
Almeida
(Guarda) Inácio de Loiola
(Secretário)



Antonio Mendonça (
Sacristão) Zaldivar Borges
(Delegado)  José Wilson ( Repórter)  José Gandhi ( Fotógrafo) e outros que
fizeram parte na técnica: Espedito e
Nilo
(Maquiagem)  Gutemberg Fernandes ( Cenários) Laureniza Fernandes ( Coordenação) Gilberto
Souza
( Sonoplastia) - fizemos algumas apresentações  e como estava 
eu empolgado  e por necessidade,
eu resolvi dirigir e  tentei montar o Juiz de Paz na Roça, com um elenco de 12 pessoas, só que depois de
algum tempo, acabou,  os rapazes
desistiram com medo de virar fresco, viado, essa foi a verdade, era um
verdadeira preconceito contra o nosso e amado teatro. Neste período de tempo,  enquanto  estudavamos na escola União Caixeiral,  eu e
Vicente Neto,
 se preparava para
vestibular e estudava num quartinho a noite e um dia passa um mendigo e
conversa com agente e quando o homem
sai eu disse: ai está a nossa
primeira  parceria  a peça de
teatro  Um anjo Rebelde  e
depois  escrevemos um cordel que foi publicado na URRN
e distribuído para o alunado gratuitamente 
Resistência Heroica de Mossoró ao Bando de Lampião  quando completou 55 anos que Lampião entrou na
cidade de Mossoró, com uma grande ajuda e apoio 
do nosso Professor, Poeta, violeiro, 
Cordelista, Prosador,  Joaquim Crispiniano Neto e  fizemos também em prosa -  depois Vicente Neto escreveu  O
Longo braço da lei dos
Homens,
peça crítica sobre  o movimento
revolucionário do Brasil  e eu, Jacinto Moreno  dei continuidade ao meu ego, escrevendo  e montando meus textos teatrais,  e  o
tempo vai passando e eu tentando...  um
dia, eu entrei na livraria de chimbinho e estava vendo um livro de teatro
quando um jovem se aproximou  de mim e
disse:  você é Jacinto Moreno? - 
sim, sou eu, - e ele disse: gostaria que você participasse de um grupo
de jovem na igreja do alto da conceição, seu nome era Carlenirio Carlos, e eu fui, só que quando cheguei lá, fiz uma
proposta a todos do grupo: vamos montar uma peça de teatro e eles aceitaram o
desafio: montamos  José de Maria de Luiz Menezes Peduto  - 07/08/09/dez/1.980 – no auditório da Igreja
- e o elenco era formado por:  Jacinto Moreno ( Diretor) Nonato Santos (José) Sonia Souza (Maria)  Carlenirio
Carlos
(Trabalhador e Carneiro) Gorete
( Camelo) José Bino ( Lobo)  Suel
de Castro
( Patrão). 1.981 reunimos o grupo e montamos Um Anjo Rebelde de Jacinto
Moreno e Vicente Neto que não estava mais conosco por motivo de estudo e o
elenco foi formado por:  Jacinto Moreno ( Direção) Jacinto  Moreno ( Jacinto Freire) Carlenírio Carlos ( Paulo Freire) Sonia Souza ( Garota 2) José Bino (Zeferino) Suel de Castro(Policial) Nonato Santos( Vicente Camargo) Nilton Joema ( Senhor 01) Cida Sousa ( Garota 01) e continuei
andando pela cidade, quando um dia eu estava observando  os cartazes dos filmes , no cinema Cid,
escuto uma voz, forte, e disse: tu és Jacinto
Moreno
e me virando disse, sim, sou eu, e quem és tu, no que ele responde,
sou radialista, jornalista, José Maria
Alves
e tenho um texto que escrevi de parceria com meu amigo Antonio 
Filemon  Rodrigues Pimenta,
chama-se 
Santa Luzia, Virgem e Mártir
escrita em 1.977.  Gostaria muito que fosse encenado, mas um
diretor de teatro de Natal, Capital, por nome de Jesiel Fiqueiredo,  disse que
montava se eu pagasse uma quantia de 30.000,00 ( Trinta Mil Cruzeiros ) e eu
disse: traga o texto que eu quero ler, se eu gostar,   vou montar e de graça, porque Deus está querendo. Lí,  gostei e reuni o grupo acrescentando mais
gente, porque foram aproximadamente uns 30 atores e técnicos, conseguimos carro
de som, 20.000,00 ( Vinte Mil Cruzeiros) pela prefeitura de Mossoró e  30.000,00 ( Trinta Mil Cruzeiros) da
Secretaria de Educação  e Cultura  de Natal e fazíamos os ensaios no colégio das
freiras, ali, perto do colégio estadual, divulgação nos jornais, - José Maria Alves, era jornalista e
divulgava muito,  rádio rural que era da
igreja,  monsenhor Américo que nos deu muito apoio, Everi costa e Emeri costa,
os gêmeos e seu Manoel que divulgava
nos seus programas –   eu quase que
ia  sendo preso pelo fato de o dinheiro
não ter chegado a tempo de pagar as sandálias que mandei confeccionar – o cara
me procurou, mas tiraram o cara de tempo, e quando chegou o dinheiro fui pagar
as dividas,  - compramos os tecidos -
cada uma das pessoas mandavam confeccionar suas roupas, mas, deu tudo certo, e
em 03 de Dezembro de 1.981, pela primeira vez, com muito orgulho, sobe aos
palcos- eram 3 no centro da cidade, de fronte a radio rural,  -  as
20 horas, - ao me lembrar me deu vontade de chorar, pode crer -  a peça teatral  SANTA
LUZIA
VIRGEM E MÁRTIR encenada
pelo Tártarus Produções Artísticas, com aproximadamente uma platéia
de 30. Mil pessoas, onde nos deixou muito orgulhosos e segue-se 08/13 de
dezembro, dia de Santa Luzia na cidade,  e o elenco era formado por:  Jacinto
Moreno
( Diretor) Vicente Neto  (Diretor) que voltou, fez a peça e desistiu
definitivamente, Filemon Pimenta  (Diretor) 
Albênia Medeiros ( Luzia) Jacinto Moreno ( Amigo do
Pretendente)  Filemon Pimenta ( Pretendente)
José Bino
( Velho) Francisco Moreno
Filho
 (Soldado) Carlenirio Carlos ( Governador Pascácio)  Suel
de Castro
(Assistente do Governador) Nilton
Joema
( Cego) Cida Souza ( Mãe
de Luzia) Andreia Medeiros (
Garotinha) Francizemar Morais ( Santa
Àgata) Nonato Santos (  (Capacho do Governador)  José
Maria Alves
( Sonoplastia) e elenco secundários que não me recordo no
momento, e o espetáculo continuou 
em  03/08/13/dezembro de
1.982/1.983, 1.984, não aconteceu o espetáculo porque eu, em março deste ano,
me transferi  para João Pessoa,capital
Paraibana.



Admin · 80 vistos · Deixe um comentário
09 Maio 2016 


SINOPSE:



O ANJO E A SERPENTE –   Filmado  - No interior do nordeste,  numa fazenda, duas crianças brincam,
pastoreiam os  animais e dai, surge uma
amizade profunda entre eles, e que inocentemente, fazem um pacto de amor que
acaba numa tragédia entre as duas familias.



 



GERALDO POR GERALDO Filmado - Documentário sobre a vida do
artista plástico Geraldo Correia de Oliveira, da cidade de Santa
Rita-Pb, foi funcionário da extinta Tv excelsior na funçao de cenógrafo, foi ao
exterior onde conseguiu expor alguns de seus trabalhos em cidades
diferenciadas, contado por ele mesmo.  



 



TAXI  -  



Filmado
- Mulher decide rever sua família,
toma um Taxi ,vai a sua residência, observa os filhos e o marido e volta a sua
morada eterna



 



 UMA LUZ NO FIM DO TUNEL



Filmado - Mulher abandona a família e joga-se no abismo da  Alcoólismo.  Desacata autoridades e vai parar na prisão.
Nos alcoólicos Anônimos, ela faz uma 
analise da vida pregressa que levara no passado  e uma luz divina a transforma numa verdadeira
mulher ,  e volta a ser o que era antes,  com marido e filhos ao seu lado,
protegendo-a.



 



VIVENTES



Filmado
 - A
Sociedade em que vivemos, desprezada pelos Governantes, faz com que o homem
sobreviva neste mundo,  e  tende fazer qualquer coisa de honesto diante
do poder divino e provar que se pode viver 
com dignidade, nas ruas, catando papeis e lixo pra sua sobrevivência,
sem usar de violência contra os seus 
 Homens catam lixo nas
ruas pra sobreviver.                                                       



 



 CAMINHANTE



Filmado
 -  Um
homem,  um louco entre outros milhares de loucos que
vivem nas ruas a perambular, Um Mendigo de
Origem incógnita, misteriosa,ignorada, 
reflete, critica e denuncia o sistema social, a complexidade do ser
humano, através de seus conhecimentos, de seus pensamentos, de sua ideologia de
vida... é um homem altamente sábio. Na sua condição do
seu “ Ser “ ele procura perturbar e instingar os seus seguidores a conhecerem o
interior da alma humana... Seu objetivo é
fazer com que alguém nesta multidão, consiga captar todos os seus
ensinamentos  e que dê continuidade a sua
filosofia de vida a qual está pregando.



 



APARIÇÃO



PRIMEIRO LONGA
METRAGEM
-  Filmado - Filme baseado em
fatos reais e numa adaptação livre, acontecida entre o período de 13 de Maio á
13 de Outubro de 1.917, no vilarejo, COVA DA IRIA, na cidade de FÀTIMA,
PORTUGAL, quando N.S. de FÁTIMA aparece aos 3 pastorinhos.  A primeira Aparição  acontece no dia 13 de Maio e na última, ela
revela  o segredo a Lúcia e acontece o
Milagre  do sol, isso, todos observam
.



 



 



 




ESCOLHA



Filmado -
Todos os dias o pai leva seu filho pra escola, na saída do pai, o menino desvia
da rota diária e um dia, os pais descobrem misteriosamente dinheiro na mochila
do filho e um dia, esse menino se envolve no submundo das drogas... de quem é a
culpa? Dos pais?da sociedade?



 



O MENINO E O
MISTÉRIO



SEGUNDO LONGA
METRAGEM
 Filmado - O Menino é misterioso, ele
aparece e desaparece e não sabe sua origem, de onde veio e pra onde vai,
perambula pelas ruas da cidade, pessoas desejam conhecê-los mas ele não se
revela,



um
andarilho comum entre muitos que circulam e segue sua trajetória. Pra uns, ser
comum, pra outros, indiferente, dentro da sociedade em que vivemos. Altamira é
doméstica, alcoólatra, é uma mulher da noite e altas horas ao chegar em casa,
observa um menino misterioso que chega e sai num objeto sinistro, ali, pertinho
de sua casa. O menino faz amizade com a turma da escola e é adotado pela
família onde Altamira trabalha. Fatos misterioso e curiosos se espalham pela
cidade e ela tenta alertar ao povo sobre esses acontecimentos, mas, não lhes
dão ouvidos.



 



 



A CABEÇA DA SANTA –   não
filmado
- Adaptação livre da peça teatral de Tarcisio Pereira - Uma
tragicomédia acontecida no sertão nordestino, - 
Um ex-cangaceiro,  JOÃO UBALDO,
abandona a vida de cangaço e se destina a esta cidade pequena e pacata, a fim
de se regenerá da vida que levava no cangaço. Encontra em FRIDA CAIÁ,  uma rapariga de bordel, a mulher dos seus
sonhos. JOÃO UBALDO,  vende   fumo de rolo na feira e resolve  vender o fumo na festa da igreja, coisa que o
padre não aceita e daí, cria-se um clima de tensão entre os dois.



 



ESPANTA GATO –    não
filmado
- Uma adaptação livre da peça teatral de  Luiz Maranhão Filho - Comédia de costumes,
acontecida no sertão nordestino, envolve duas bandas de musicas – Espanta gato e Pirão na unha - que se destinam a tocar retretas na festa da padroeira,
cada qual querendo ser a melhor, e o Padre fica entre as duas, sem poder tomar
uma decisão correta, em qual lado deve ficar, numa decisão bastante complicada
pra ele.



 



RIFLE DE OURO –  não filmado - ( Parceria com Marcos
Veloso) -  acontecida no sertão
nordestino, conta a história do maior cangaceiro de todos os tempos, ANTONIO
SILVINO, homem pacato, entrou no cangaço por necessidade, mas, a partir dai,
com intuito de vingança, formou um bando de cabras e saiu de mata a dentro,
matando, destruindo, saqueando cidades, lutando conta a policia nesses sertões
do nordeste, e  ferido, preso, foi  tratar de sua saúde. Uma acontecido  nunca mostrada no cinema do brasil.



 



UMA FORCA PARA MEU PAI -    não
filmado
- aventura, na linha do bang bang á italiana, onde bandidos
desacatam, se apoderam do poder do lugarejo, destruindo e matando
inocentes,  e um homem, destemido,
tomando  as dores do povo,  resolve 
por si, colocar a ordem na 
cidade, destruindo badidos e deixando tudo na tranquilidade.



 



INIMIGO ÍNTIMO –   não
filmado
- um filme de Terror. Um ser maligno, misterioso, tenta a todo
custo se apoderar da alma e do corpo de uma jovem evangelica, e o postar que
com sua força misteriosa, fortalecendo-se 
do poder de Deus, consegue afastá-lo, devolvendo ao seu lugar de origem
e trazendo a paz para esta jovem.



Admin · 80 vistos · Deixe um comentário
09 Maio 2016 


 



SET DE FILMAGENS: Aparição - 2014/set/out



 



EXTERNAS:



I  -   FAZENDA N.S. DO PILAR: BR, 110/ VIADUTO/VIA
OESTE. BAIRRO DOS NOVAIS.



01 – SEQ 02 -  EXTERNA/COVA DA
IRIA.   -    (
PRIMEIRA APARIÇÃO DA VIRGEM)



PERSONAGENS :     Lucia, Francisco, Jacinta, Virgem.



CÊNICOS:    10 Ovelhas, Jogo de
Botão,  Pão/Bolo,  3 Chicotes, 2 Rosários



02  -  SEQ 
03  -  EXTERNA/CHEGANDO NA VILA/CASA.



PERSONAGENS:  Jacinta, Francisco,
Lucia, Josué.



CÊNICOS:    10 Ovelhas,  03 Chicotes, 02 Rosários.



03  -  SEQ – 14 - 
EXTERNA/COVA DA IRIA.



PERSONAGENS:   Jacinta, Padre,
Bispo, Francisco, Lúcia, Virgem, Delegado, Mãe de Lúcia, Pai de Jacinta, Pai de
Lúcia, Josué, Tia de Lúcia, Lavadeira 01, Lavadeira 02, Lavadeira 03,
Carcereiro, Mulher 01, Mulher 02, Mulher 03, Mulher 04, Mulher 05, Mulher 06,
Homem 01, Homem 02, Homem 03, Homem 04, Homem 05, Povo 01, Povo 02, Povo 03,
Gente 01, Gente 02, Gente 03, Gente 04, Gente 05, Gente 06 = 37



CÊNICOS:  37 Guardas
Chuvas/Sombrinhas, Chuva Artificial, Terços/Rosários/Bíblias



 



II -  CIDADE DE ROSANDRO:



04 -  SEQ – 05  -  
EXTERNA/RUA/CIDADE:



PERSONAGENS:    Mãe de Lúcia, Mãe
de Jacinta.



CÊNICOS:



05 -   SEQ  -  07
-   EXTERNA/RUA/CIDADE:



PERSONAGENS:   Josué, Mulher 01,
Mulher 02, Mulher 03, Mulher 04, Mulher 05, Mulher 06, Homem 01, Homem 02,
Homem 03, Homem 04, Homem 05, Padre, Bispo, Delegado, Carcereiro,  Figuração  ( Muita Gente 
da Cidade local )



CÊNICOS:  Rosários.



06   -   SEQ – 09 
-  EXTERNA/RUA/CIDADE:



PERSONAGENS:  Jacinta, Francisco,
Lúcia,  - Núcleo com a Criançada local.



CÊNICOS:    Brinquedos para
Criançada



 



III -  CIDADE DE SANTA RITA:



07 -  SEQ – 08   - EXTERNA/RIO



PERSONAGENS:  Lucia, Mãe de Lúcia,
Lavadeira 01, Lavadeira 02, Lavadeira 03, 
Figurantes.



CÊNICOS:  Roupas, Bacias, Sabão.



                               



 



 



 



 



SET DE FILMAGENS:



 



INTERNAS:



 



III -  CIDADE DE SANTA RITA:



08 -   SEQ – 11  - 
IGREJA/INTERNA:



PERSONAGENS:  Mãe de Lúcia, Padre



CÊNICOS:  



09 -   SEQ -  13 
-   IGREJA/INTERNA:



PERSONAGENS:    Padre, Bispo,
Delegado, Jacinta, Francisco, Lúcia, Povo 01, Povo 02, Povo 03, Povo 04



CÊNICOS:



10 -  SEQ – 12  - 
DELEGACIA/INTERNA:



PERSONAGENS:   Delegado,  Josué, Padre, Carcereiro,  Jacinta, Francisco, Lúcia.



CÊNICOS:   Revolver,
Cartucheira  etc...



Obs:    Filmar
nas  duas Vilas da  Usina, 
fachada das casas, ( do outro lado do rio ).



 



IV -   CASA DA MÃE DE EDILETE:



11 -   SEQ -  01 
-  CASA DO PADRE/INTERNA.



PERSONAGENS:   Jornalista, Padre.



CÊNICOS:    Gravador, Caneta,
Papel.



12 -   SEQ -  15 
-  CASA DO PADRE/INTERNA.



PERSONAGENS:  Jornalista, Padre.



CÊNICOS:  Gravador, Caneta, Papel.



 



V -     GRANJA  - RANCHO 
MORENO:



13  -   SEQ – 04 
-   CASA DE
JACINTA/INTERNA/COSINHA



PERSONAGENS:   Jacinta, Francisco,
Pai de Jacinta, Mãe de Jacinta – Figurantes.



CÊNICOS:  Toália, Prato, Mesa, Comida,
Cadeiras, Colheres, etc...



14 -   SEQ -  06 -  
CASA DE LÚCIA/QUARTO



PERSONAGENS:  Mãe de Lúcia,Lúcia,
Josué



CÊNICOS:   Cama, Rosário, etc



15 -   SEQ -  10 
-   CASA DE LUCIA/QUALQUER LOCAL.



PERSONAGENS:  Josué, Mãe de Lucia,
Pai de Lúcia, Tia de Lúcia. Figurantes



Locações/Sets /Plano do Filme O Menino e o Mistério



 



DOMINGO 22 NOVEMBRO       -      CASA DE TIA KATIA - BAIRRO DOS
NOVAIS    -    9.00 as 17;00



01  -   SEG 07 - 
CASA DE ANA PAULA/INTERNA /DIA -  Personagens: Ana Paula, Rafaela, Claudia,
Geninho, Altamira, Pai de Ana Paula, Mãe de Ana Paula  - 
Material: Farda e Bolsa dos 
Alunos



02  -  SEQ  10
-  CASA DE ANA PAULA - INTERNA /DIA -        ( EXTERNA  COM INSERT DA RUA dos meninos)



Personagens: Altamira, Mãe de Ana Paula, Jonas, Mauricio, Rubão, Ana
Paula, Claudia



Material:  Farda e Bolsa dos
Alunos, Bicicleta.



03  -   SEQ 
13 -  CASA DE ANA PAULA -  INTERNA/DIA 
-    ( EXTERNA COM INSERT DA RUA
COM  Figurantes, Jornalistas, Tv,Jornal
etc)   -    Personagens:  Jonas, Ana Paula, Pai de Ana Paula, Mãe de na
Paula.  Material:  Carro, Bicicleta, Fardas dos meninos etc...



 



DOMINGO 29 DE NOVEMBRO  -      CENA NAS PRAÇAS DA CIDADE   -  
9:00   as  16:00



01  -   SEQ  
03  -  PRAÇA/RUA/EXTERNA/DIA  -  
Personagens: Rubão, Geninho, Mauricio, Rafaela, Claudia, Ana Paula -
Material: Fardas e Bolsa dos Meninos 
-  



02  -   SEQ 
04   -   PRAÇA/RUA/EXTERNA/DIA  - Personagens: Ana Paula, Geninho, Jonas,
Mauricio, Rafaela,Claudia - Material: Fardas e Bolsa dos Meninos -  



03 -   SEQ   05  
-   PRAÇA/RUA/EXTERNA/DIA - (Plano
01 e Plano 02)-  EXTERNA/TARDINHA (a
partir do Plano 03, as gravações  vão
acontecer na granja - Conjunto Geisel - 
Aqui vai aparecer luzes coloridas/Disco Voador)  - Personagens: Mauricio, Rafaela, Rubão,
Jonas -  Material: Fardas e Bolsa dos
Meninos



04 -  SEQ  10 - 
Continuação da Casa de Ana Paula - 
(aqui se passa na RUA/EXTERNA) - (Plano 04/Plano 05 Rua- do plano 06 vai
até o final da equencia  na RUA. Cenas
feita por Insert) -  Personagens:
Altamira, Mãe de Ana Paula, Jonas, Mauricio, Rubão, Ana Paula, Claudia  -  
Material: Farda e Bolsa dos Meninos.



 



DOMINGO  06  DEZEMBRO 
-   CENA NAS ESCOLAS -
INTERNA/EXTERNA/DIA-   (PLÁCIDO e  CILÁIO ) 9:00 
as   16:00



01  -   SEQ  02  -  
ESCOLA/INTERNA/DIA  - Personagens:
Professora, Cleonice, Rosalí, Tadeu, Geninho, Everton, Mateus,  e mais alunos. Material:  Bolsa e Farda etc. 



02 -  SEQ   08 
-    ESCOLA/EXTERNA/TARDINHA /CILAIO RIBEIRO
-  INCENDIO NOS FUNDOS DO COLÉGIO -   Personagens: Jonas, Abílio, Pipoqueiro, 3
meninos ateiam fogo escola, vários estudantes -    Material: 
fósforo, Bolsa e Farda dos alunos, carro pipoqueiro etc.



 



DOMINGO 13 DEZEMBRO -   9:00 as 16:00 -



01 -  SEQ 06 -  IGREJA/INTERNA -  Personagens: Padre, Jonas, Claudia, Geninho,
Mauricio, Ana Paula, Rafaela,Rubão.  
-  Material: Farda e Bolsa dos
meninos.



02 -    SEQ 11  - 
DELEGACIA DE POLICIA/INTERNA - 
Secdtur/Santa Rita -  Personagens:
Delegado, Abílio, Jonas, Padre



 



DOMINGO 20 DEZEMBRO -  9:00 as
16:00



01 -   SEQ 12 - BODEGA DO LULA -
BAR DOS ARTISTA - INTERNA/DIA -  Clube
Internacional Cruz das Armas -  Personagens: Altamira, Lula, Zeca, Laura,
Baleiro, Jornalista 01 e muitos artistas pra se apresentarem.



02 -  SEQ  01 - 
CASA DE GENINHO - INTERNA/ESTERNA/TARDE (Casa da Tia de Adriana- Bairro
dos Novais ) - Personagens:  Geninho, Pai
de Geninho, Mãe de Geninho -  Material:
Ferro p/passar roupas, Livros e Cadernos.



03 -  SEQ 14 -   RUA/NOITE - 
( ao lado do Posto de Saude - Bairro dos Novais) Tardinha. -  Fazer a descida e subida de Jonas do disco
Voador)



 



DOMINGO 27 DEZEMBRO -  9;00  as 16:00



01 -  SEQ 09 -  CONSULTORIO NEUROLÓGICO/INTERNA/DIA  - 
Personagens:  Jonas, Neurologista,
Pai de Ana Paula, Mãe de Ana Paula.



 



Admin · 58 vistos · Deixe um comentário
09 Maio 2016 


A Paraiba  X  Elpidio.



               O Teatro perde hoje,
17 de julho de 2012,  Elpídio Navarro,
aos 75 anos.



                Iniciou no movimento em 1.954 no teatro do
estudante, era ator, participou do filme “ Menino de Engenho” de Walter Lima Jr
em 1965, era  cenógrafo, iluminador,
dramaturgo, encenador, foi diretor do Teatro Santa Roza, em João pessoa, por
duas gestões.



                A classe artista lamenta
a perca deste grande ilustre das artes cênica Paraibana. Lembro-me um dia,
estava  na minha residência, quando
Fernando Mercês  chegou a minha procura,
era um dia de quinta feira, me convidando a participar de um espetáculo
teatral, tratava-se da peça  “ Domingo
Zeppelin ”  de Marcus Vinicius e que
tinha que estreiar na sexta feira. Foi pra mim um desafio e aceitei.  Estava eu no Teatro  Santa Roza  passando e repassando o texto, quando as 10
horas da noite chega o diretor. Era Elpidio Navarro, este foi meu primeiro
contacto com ele.



              Aquele vozeirão pesado, calmo,
chega pra mim e diz:  “meu amigo, ou você
é louco ou é apaixanado pelo teatro, pois o que tá fazendo é uma loucura,
bicho!... há  cerca de 3 meses estamos
ensaiando e tu chega hoje e já vai amanhã estreiar, isso é uma loucura, só sendo
doido, mesmo “. – ao que lhe respondi:  “
as duas coisas ao mesmo tempo “. E ele disse: “ então vamos ao ensaio “ e fomos
ensaiar e tudo deu certo e no dia seguinte aconteceu a estréia do espetáculo,  com casa lotada. – foi aí meu primeiro
contacto com este homem que tinha muito amor pelo teatro, tal qual minha
pessoa.



               Elpidio monta outro
espetáculo  “  Coiteiros “ de Zé Américo de Almeida, numa
Adaptação de Waldemar Solha, e avisa pro Fernando Mercês  ir me buscar: 
“ Vai lá e traz aquele doido “  –
o doido era eu, Jacinto Moreno –  “ quero
que ele trabalhe comigo de novo neste 
peça” .



                Apartir daì, minha
amizade com o elpidio, perdurou ate hoje, quando Deus o levou...



Adeus, Elpidio, até um dia...



Admin · 57 vistos · Deixe um comentário

1, 2, 3, 4  Próxima página