Calendário

Dezembro 2016
DomSegTerQuaQuiSexSab
 << <Set 2017> >>
    123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Anúncio

Quem está conectado?

Membro: 0
Visitante: 1

rss Sindicação

Visualização dos artigos postados o: 01/01/2001

09 Maio 2016 


                              II FESTIVAL DE
TEATRO E DANÇA DE SANTA RITA-PB



 



Regulamento:



I –  DOS OBJETIVOS



Art. 1º   -  II
Festival de teatro  e Dança de Santa
Rita, Pb, será realizado pela  Secdtur  de 23 a 27 de Agosto de 2016, (  de 
terça à  sábado )



Art. 2º    -  
II Festival de teatro  e Dança de
Santa Rita, Pb, objetiva revelar a produção de teatro na cidade, proporcionando
fomento para a produção ás artes cênicas e danças, além de promover o
intercâmbio e a integração entre os grupos participantes e demais artista da
região.  



II – DAS INSCRIÇÕES



Art. 3º



  
-  As inscrições poderão ser
realizadas nas categorias estudantes ou amador e serão recebidas de 01 de
Maio  a 30 de Junho de 2016, pelo email, jacintojacinto58@gmail.com ou na
sede da Secdtur - ( Praça do Povo-Tibirí Fábrica).



PARÁGRAFO PRIMEIRO -  As fichas de inscrições deverão ser
solicitadas por email conforme Art. 3



º 
e em seguida encaminhada para o mesmo email  e/ou sede da Secdtur, juntamente com a
documentação relacionada no Art.



 4º



 , até o dia 30 de  Junho de 2016.



Art. 4º  -  No
ato da inscrição deverá ser apresentado:



Ficha de inscrição preenchida e assinada pelo responsável



Sinopse do Espetáculo



Ficha Técnica completa



Telefone e endereço para contato com os grupos



Autorização dos pais ou responsáveis, caso, integrantes menores de
idade no grupo



01 foto do espetáculo,  se for o
caso.



 



Parágrafo  Único – Serão  recusadas as inscrições que não atendam as
exigências referidas no Art. 4º



 , e  cada grupo terá um tempo  para sua apresentação



 



III  - DA SELEÇÃO



 



Art. 5



 º -  A
seleção será efetuada através da análise do material enviado pelos grupos, por
profissionais da área de teatro e dança e fica reservado a organização do
festival definir o numero de espetáculos e divulgar antecipadamente aos grupo.



IV – DA PREMIAÇÃO



Art. 6



 º 
-  A organização do II festival de
teatro e dança de Santa Rita, indicará uma comissão julgadora composta por  cinco (05) profissionais da área de teatro e
dança pra definir os seguintes quesitos:



V -  DA PREMIAÇÃO:



Art. 7º  -   
Será  distribuídos entre os grupos
de teatro e dança, além dos troféus, uma quantia no valor de R$ 4.500,00
(Quatro Mil e Quinhentos Reais),  nas
seguintes categorias:



                                TEATRO:                                                         
DANÇA



              1º Lugar                   1.000,00                      1º Lugar                     1.000,00    



               2º Lugar                      750,00                       2º Lugar                        750,00



                3º Lugar                      500,00                       3ª Lugar                         500,00               



 



Art. 8º -  A decisão da comissão
julgadora é irrecorrivel



Parágrafo  Único - Todas as
categorias receberão certificados e troféus de participação e o resultado, bem
como a premiação, será no encerramento do II Festival de teatro e dança de
Santa Rita, dia 27 de Agosto.



 



V -  DAS RESPONSABILIDADES DA
PRODUÇÃO DOS ESPETÁCULOS



 



Art. 9º  -  As apresentações dos espetáculos acontecerão
no palco da praça do povo ( palco adaptado com caixa  cênica e platéia, situado ao lado da Secdtur,
tibiri fábrica, em Santa Rita e os espetáculos deverão ser apresentados rigorosamente
nos horários  devidos e ao grupo, caberá
toda responsabilidade sobre quaisquer danos cometidos pelos seus integrantes.



 



Art. 10º -  Transportes de
cenários e pessoas do seu local de origem até o local do evento, bem como o
retorno, será de responsabilidades dos grupos selecionados e a comissão
organizadora fornecerá apoio, quando possível, na montagem e desmontagem dos
espetáculos e os participantes terão direitos de usufruir dos recursos técnicos
que o evento dispõe, como, camarins, mesa de luz, mesa de som, CD player,  e deverá ser operado por integrante do grupo.



 



VII -  DAS DISPOSIÇÕES GERAIS



 



Art. 11º  -  Os casos omissos neste regulamento serão
resolvidos pela comissão organizadora do II Festival de teatro e dança de Santa
Rita, cuja decisões serão soberanas e irrecorregíveis.



 



OBS:   Obrigatoriedade aos
grupos  selecionados, pelo menos um representante,
participarem da Reunião na sede da Secdtur, no dia 29 de julho as 10 horas da
manhã, o não comparecimento se dará como desclassificados.



 



Santa Rita, 01  de   Maio 2016



Admin · 6 vistos · Deixe um comentário
09 Maio 2016 


 



FICHA TÉCNICA:



Filme:
Aparição  (Fátima) Roteiro Adaptado: Jacinto Moreno -Direção: Jacinto Moreno - Ano 2014/Set/Out



 



Fotografia: Horyebir
Ribeiro   -   Som
Direto:
Marcos Veloso  -  Direção
de Artes:
Edilete Bezerra



 



Assistentes: Sandra
Alves e Lais Sobreira – Figurinos:
Edilete Bezerra – Making Off:
Douglas Moreno



 



Seleção de Atores: Jacinto
Moreno
Edição:
Jacinto Moreno e Douglas Moreno



 



Produção Executiva: Jacinto
Moreno, Marcos Veloso,  Edilete Bezerra,
Lais Sobreira, Sandra Alves



 



Produtores Independentes: Morenu’s Filmes, Tártarus Filmes, Tártarus Produções Artísticas, Future
Productions.



 



Rodado: João Pessoa: Fazenda
N.S.Pilar, Igreja da Misericórdia



                Santa Rita:  Rio - Centro da
cidade, Vilas do Engenho Santa Rita



                Várzea
Nova:
Granja etc.



 



Inicio das Gravações: Novembro
2013 / Término das Gravações:
Fevereiro 2014 ( aos Domingos)



 



ELENCO:   Raissa Aranha ( Lucia) 44 falas-96077111,
99790472/ Rannya Aranha ( Jacinta)-35 falas-96077111, 99790472/Ivonaldo
Rodrigues (Padre Jovem),28 falas,87292613/Horiebyr Ribeiro(Delegado),26 falas,
88024723/ Pedro Rafael Moreno( Francisco),25 falas, 88672270/ Eva Cristie(Mãe
Lúcia), 22 falas,88980696/ Otacílio Lima ( Bispo), 20 falas,87826900/Emanuel
Felipe(Josué), 17falas, 88482141/Andressa
Rego(N.S.Fátima)11falas,87059029/Valeria Araujo(Mãe Jacinta e Francisco)11
falas,88453065/Ericson Marques(Carcereiro)06falas,87359537/Rosandro
Aranha(Padre Velho)05falas,96077111/Edilete
Bezerra(Jornalista),04falas,87127042/Ricardo Moreira(Pai de
Lúcia)02falas,87131356/Cida Melo(Tia de Lúcia)02falas,88349901/RafaelDantas(Pai
de Jacinta e Francisco)88711778/Laura         
Domingos(Lavadeira01)02falas,86495082/CassiaLeal(Lavadeira02),02 falas86225523/NeideBaiana(Lavadeira03)02falas,87371385/ElzaQueiróz(Mulher01)02falas,87609734/Ana
Paula(Mulher02)02 falas,-/Dandara Roots(Mulher03)02falas-/Sandra
Alves(Mulher04)02falas-/Mirtes Melo(Mulher050)02falas-/Lena
Varela(Povo01)02falas88367676/ Andreia Monteiro(Povo
02)02falas,99177041/Marilene Santana(Povo 03)02falas,87362863/Jucy
Carvalho(Gente01)01fala,88117793/Lucinha Costa(Gente02)01fala/Puxa o avé e
todos cantam),87606574/Paula Marques(Lúcia Adulta)s/fala-Portuguesa com
certeza.



FIGURAÇÃO NA COVA DA IRIA: 



Andréia Mendes, Francinete Soares,
Carlos Branco, Lais Sobreira, Marcos Veloso, Elayne Maranhão,  Flávio Ciarallo, Gilvânia Santos,  Silvia Santos. Rosandro e Edilete não
estiveram nesta cena.



Tv Correio filmou e fez entrevista
com os pastorinhos(Camera: Vanilton- Jornalista: Renata Alburquerque.



 



 



 



 



 



 



 



 



 



 



FICHA TÉCNICA:



Filme:      A Escolha.    Roteito: Marcos Veloso    /   Direção:
Jacinto
Moreno   -   Ano 2015/Março/Abril



 



Fotografia: Augusto
Monteiro
( Ufpb)/Julia
Sartore
(Ufpb) / Jacinto
Moreno



Assistente de Câmera: Thalita
Fernandes
(Ufpb)/Rebeca
Linhares
(Ufpb)



Som Direto: Rafael
Aragão
(
Microfone-Ufpb)/
Tais Pascoal ( Gravador-Ufpb) Marcos
Veloso



Fotografia Still:  Juan Silva(Ufpb)



Edição: Jacinto
Moreno/Douglas Moreno



Trilha Sonora:  A Trilha”  Grupo
Musical Reggae Emboscada-Paraiba
.



Produtoras Independetes: Morenu’s
Filmes, Tártarus Filmes, Tártarus Produções Artísticas
, Future Productions.



Locações:   João Pessoa  Rodado no Bairro do José Américo



 



ELENCO ordem
Alfabética
:



                             Andréia Monteiro ( Boy 01) / Edilete
Bezerra
(Mãe) / Ivo de Brito ( Homem do
Carro /
Janekelly Dantas ( Guria 03)/ Laura Domingos (Lan House)
Larissa Ferreira (Guria 01)



Letícia Teixeira (Guria 02) / Pedro Rafael Moreno ( Filho) / Pablo Duan (Boy 02) / Rafael Rodrigues ( Motoqueiro
/
Willian Gouveia ( Pai)



 



Estudantes:



                           Marciele
Camila, Valeska Onofre, Janiele Rodrigues, Tayná Cavalcante, Romário Pereira



 



Agradecimentos: 



                             Deus,
Pai, todo Poderosa/ Roberto Pessoa, Karol Lima ( Donos da Lan House) Gloria
Ferreira, Douglas Moreno, Noaldo Brito, Rafael Gouveia, Silvana Barbosa,
Rosilene Ferreira, Mary ( Apartamento e Salão)/E.M.E.F. Carlos Neves(José
Américo)/Dono da Moto e a todos que me ajudaram direto e indiretamente neste
projeto, obrigado.



 



Sinopse:



                              Todos
os dias, o pai leva seu filho pra escola... na saída do pai, o menina desvia da
rota diária...  Os  pais 
descobrem misteriosamente dinheiro na mochila do filho. .. e um certo
dia, esse menino se envolve no submundo das drogas...



De quem é a culpa?



dos pais?



da sociedade?



 



 



 



 



 



 



 



 



 



 



 



FICHA TÉCNICA.



Filme:   O MENINO E O MISTÉRIO



Filme/Roteiro/Fotografia/Direção: Jacinto Moreno



Som Direto: Ingrid
Marimon/Edilete Bezerra/Douglas Moreno/Marcos Veloso



Direção de Artes/Figurinos:
Edilete Bezerra



Foto Stiil: Omar Brito



Seleção de Atores:
Jacinto Moreno



Assistente de Direção:
Marcos Veloso



Edição: Jacinto
Moreno/Douglas Moreno



Produção Executiva:
Jacinto Moreno/Edilete Bezerra



 



Filmado em João Pessoa:



Grupo Thomaz Mindelo - (Cilaio
Ribeiro) Centro João Pessoa-Pb



Internacional clube de Cruz das
Armas



Geisel - Centro



Bairro dos Novais:



Igreja João Paulo XXIII



Residências de: Maria José
Ferreira/José Gabriel Filho



Filmado em Santa Rita-Pb



Secdtur/Pam



 



Elenco:



01 - Pedro Rafael Moreno - (Jonas )  -   02
- Rannya Aranha (Ana Paula)  -  03 - Lucas Priston  (Geninho) 
-  04 -  Isabela Freira (Rafaela) -  05 - Pablo Duan (Mauricio) -  06 - Maisa Vieira (Carol) -  07 - Maira Vieira (Rosali)  -  08 -
Naira Regina (Paloma) - 09 - Ana Beatriz (Cleonice)



10 - Marcio Andrade (Matheus) - 
11 - Gabriel Jeferson (Chico) - 12 - Ingryd  Marimon (Professora) -  13 - Dhyan Ushita (Altamira) - 14 - Ednalva
Farias (Mãe Ana Paula) -  15 - Ivonaldo
Rodrigues ( Pai Ana Paula) -  16 - Omar
Brito (Padre) - 17 - Rosandro Aranha (Delegado) - 18 - Ricardo Moreira (Pai
Geninho) - 19 - Cida Melo (Mãe Geninho) - 20 - Noaldo Brito(Porteiro Abílio) -
21 - Lindoaldo Lima ( Médico) - 22 - Laura Domingos  (Duda) - 23 - Ivo de Brito(Baleiro) - 24 -
Lena Varela (Jornalista) - 25 - Ericson Marques(Zeca) - 26 - Hermance
Moreira(Pipoqueiro) - 27 - Paula Zimbrunes (Jornalista) - 28 - Mirtes Melo(
Laura) - 29 - Nadja Reis (Jornalista) - 30 - Pedro Igor Restel (Jornalista) -
31 - Lidson Souza ( Menino do Fogo) - 32 - Letícia Teixeira (Menino do Fogo) -
33 - Jucy Carvalho ( Supervisora) - 34 - Marcos Veloso ( Professor) - 35 -
Jacinira Macedo ( Mulher Grito 01) - 36 - Josiane Vasconcelos ( Mulher Grito
02) -



Participações:   -  37 - Jairo Lima(Poeta-Araruna-Pb) -  38 - Jonathan Leite ( Papalégua-Capoeira-
J.Pessoa-Pb)   - 39 - Edvaldo Dantas
(Ator/Cantor-Santa Rita-Pb) - 40 - Fernando França (Violão-Santa Rita-Pb) - 41
- Galego do Internacional - 42 - Genilson Ferreira ( Pimenta-Capoeira-João
Pessoa-Pb) - 43 - Elidinaldo Pereira (Coyote-Berimbau-Capoeira) - 44 - Fernando
Nóbrega(Figurante) - 45 - Maria Fátima Vieira (Figurante).



Admin · 3 vistos · Deixe um comentário
09 Maio 2016 


João De Sousa Costa‎ para Amigos das Artes Cênicas
(Paraíba)



6 de maio às 22:04 · 



Peça “Espanta Gato”, de Luiz Maranhão Filho, direção de Jacinto
Moreno.2001. Em cena Carlos Apollo, Pupa Dias e Cristina Cabral. Oficina de
Artes de Santa Rita. Jacinto é diretor de teatro e Cinema. Meu primeiro contato
com ele foi num curso de teatro que ministrei em Mossoró. Depois, nos
encontramos num congresso em Belo Horizonte. De novo, nos encontramos num mesmo
trabalho em Santa Rita. O curso terminou com dois espetáculos: uma coletânea
para adultos que dirigi, e um espetáculo infantil, dirigido por ele. Os atores
da peça infantil eu não consigo identificar. 
Jacinto Moreno, já assinou trabalhos com pseudônimo de Jack Monero. Influência dos
livros de bolso, a maioria western, escritos por Macial Lafuente Estefânia
(anos 70). Jack Monero trabalha em Santa Rita, cidade que ele projetou
culturalmente num festival na Universidade de São Paulo(USP) e cinema na
Europa, com filme dirigido por ele, lá mesmo, em Santa Rita.



— com Jacinto Moreno.






Foto de João De Sousa Costa.






Foto de João De Sousa Costa.






Foto de João De Sousa Costa.






Foto de João De Sousa Costa.



 




Parte superior do
formulário




Curtir



Curtir



Amei



Haha



Uau



Triste



Grr



Comentar



7Tarcísio Pereira, Roberto
Cartaxo e outras 5 pessoas



Comentários



Joálisson Cunha



Joálisson Cunha Flávia Alencar e Jô Jo Oliveira



Curtir · Responder · 1 · 1 h



Jacinto Moreno



Jacinto Moreno Meu caro amigo, João, meu mestre, Diretor de teatro, Jornalista,
agradeço pelo que fez por mim, pelo que faz por mim... nossa amizade vem de
tempos passados... Deus abençõe voce e toda sua maravilhosa familia... thank
you...




Parte inferior do
formulário




 



Admin · 15 vistos · Deixe um comentário
09 Maio 2016 


 



Filme de Jacinto Moreno  – 
Primeiro Longa Metragem - 70 minutos.



 



Titulo:  APARIÇÃO



Filme/Roteiro e Direção: Jacinto
Moreno



Diretor de Fotografia: Horieby
Ribeiro



Técnico de Som e Luz: Marcos Veloso



Diretor de Arte/Figurinos: Edilete
Bezerra



 



Gravado em João Pessoa (Fazenda
N.S. do Pilar, ( ao lado do viaduto da via oeste) - Igreja da Misericordia,
Igreja convento são Bento) - Santa Rita ( Pátio do Rio )- vilas da usina - do
outro lado do rio ) - Várzea Nova ( Granja ... ) 



Filme baseado em fatos reais e numa
adaptação livre, acontecida entre o período de 13 de Maio á 13 de Outubro de
1.917, no vilarejo, COVA DA IRIA, na cidade de FÀTIMA, PORTUGAL, quando N.S. de
FÁTIMA aparece aos 3 pastorinhos. Na   terceira  Aparição que acontece no dia 13 de julho de
1.917, ela revela  o segredo as crianças
e na última aparição, 13 de Outubro de 1.917,  acontece o Milagre  do sol, isso, todos observam.



13 de Maio de 1.917, primeira
aparição de N.S. de  FÀTIMA aos três
Pastorinhos. Uma justa homenagem a minha querida e já falecida Mãe, por ser
muito devota da Santa, os seus primeiros filhos, recebem o nome de
Jacinto,Francisco e Lúcio.



Em 1.917, em Portugal, sortia o
fervor da guerra, a miséria tomava conta do país, e o povo sofrendo com tudo
isso, a corrupção política dominava a situação e neste exato momento, a Santa
Aparição fala com as crianças para que se comuniquem com os homens e, façam com
que eles se convertam ao cristianismo, pois, só sendo assim, ela faria com que
tudo isso acabasse, mas, só com a fé do povo, que eram incrédulos, isso
chegaria ao final.



As crianças sofrem repressão
psicológicas por parte das autoridades policiais  para que falem mentiras sobre o que elas
viram, mas foram fortes e decisivos:  “ é bem verdade que querem que agente minta,
mas, não vamos mentir, pois, a Santa apareceu pra nós, falou conosco e pediu
que os homens  redimissem de seus pecados,
pois, só assim, a paz ia reinar no nosso convívio”.



Na terceira  aparição, N. S. passa informação as crianças e
pede segredo. Lúcia,  a mais velha, fica
sabendo de sua total responsabilidade e na última aparição, Lúcia faz um apelo,
pois, a dúvida permanecia, o rótulo da farsa se espalhava em todo o povo, pois,
eram totalmente  incrédulos.



O filme mostra a simplicidade
daquele tempo e a falta de recursos, motivos pelos quais faziam aquelas
crianças, que não freqüentavam a escola, a participarem das  atividades do lar, sendo uma delas, a de
pastorear as ovelhas.Uma das vezes que foram ao campo, tiveram o encontro com
N. S. e assustaram, tiveram medo, e acalmados pela mansidão da voz e do
semblante da Santa, recebem instruções a falarem aos homens sobre a paz, amor e
solidariedade que eles, os homens, haviam esquecidos desta verdade. Uma das
crianças revela aos pais  que via a Santa
e a partir



Daí, inicia-se um caminho difícil,
tornam-se vítimas de torturas psicológicas para negarem o fato ocorrido. O
Bispo admira-se pelas informações trazida pelas crianças, sabia ele que eles
não eram estudadas, mas mesmo assim, alimentava em si e na igreja a
incredibilidade.



No meu filme, procuro retratar
alguns pontos do original , não muito profundo no que se diz das guerras, mas
falo sim, da repressão psicológica sofrida pelas crianças, da falta de atenção
e do distanciamento da igreja perante a situação, do isolamento  do clero, e principalmente do fator fé, amor,
doada pelas crianças diante deste convívio 
com a Santa. Faço uma adaptação e comparação dos acontecimento daqueles
dias com os atuais, pobreza, corrupção, e a não aceitação do clero em relação a
isso.



Todos os meus filmes são feitos com
amor, credibilidade em meu DEUS que é o supremo, a força maior neste
universo,  sinceridade, sem dinheiro, em
colaboração com os atores, produtores, pessoas de bom coração que estão comigo.



O figurino trago aos dias de hoje,
no possível que posso fazer dentro das nossas possibilidades. Aqui, deixo o meu
apelo a todos para resgatarmos a fé cristã e voltarmos a ter fé em Deus para
acabarmos com as guerras, mesmo interior, com a miséria sofrida pelo povo e
olharmos para os milagres do nosso dia a dia que continua acontecendo entre os
homens de boa vontade.



Já fiz outros filmes, Curtas, com
Roteiro e Direção, a exemplo de “ O anjo
e a Serpente
, Taxi, Viventes, Uma
Luz no fim do Tunel, Caminhante...



Como Ator, fiz filmes longas:  O
Sonho de Inacin, (
Eliezer Rolin),  Canta Maria, (Ramalho Junior), Arvore de Marcação, (Jussara Queiróz),O Grande Kilapy – Golpe,   (do Angolano Zézé Gamboa, e a Minissérie Geração Saúde 2 com 15
episódios, pela Tv Escola – eu sou ser Romero - 
e curtas:  Agua Barrenta,(
Thiago Penna) Transubstancial, ( Torquato Joel), O Meio do Mundo,( Marcus Villar),  Debaixo dos Lençois,( Mabel Dias),  Mata Sete, (Gláucia Guimarães) etc.



No Teatro, tempo em que dediquei
toda minha vida, escrevi mais ou menos, umas 18 peças, das quais, dirigi  nove e montei outros  autores também.    Jacinto Moreno



 



 



Admin · 3 vistos · Deixe um comentário
09 Maio 2016 


Falando Sério



Falando de Teatro em Santa Rita,
deve-se notar que o Ator e Diretor Teatral, Jacinto Moreno, assumiu a Direção
do Grupo de Teatro OFICINA DE ARTES, criado pelo então Coordenador de Artes, da
Secretaria de Cultura de Santa Rita, GERALDO CORREIA DE OLIVEIRA, no ano de
2.000, era então Secretário de Cultura SOLANGE PALMEIRA. Jacinto Moreno
ministrou cursos de formação Teatral na cidade e assim sendo, montou a Comédia
ESPANTA GATO, de Luiz Maranhão Filho, ( Pernambucano) que participou do
Festival de Teatro da USP- Universidade de São Paulo, obtendo bastante sucesso
pelo público Paulista e pela critica cultural e a peça foi aplaudida em cena
aberta - se diz cena aberta, quando os atores estão em cena e a platéia os
aplaude, - os atores por respeito, param, e, depois do silêncio, retornam a
seus trabalhos - e Santa Rita foi glorificada no patamar da cultura e divulgada
em todos os recantos do Brasil, estava presente no festival gente de todos os
estados brasileiros, representada aqui pelos alunos atores do grupo de teatro
Oficina de Artes, que do Sul do País, da Capital Paulistana, do Festival da
USP, trouxe um orgulho e um troféu. Segue-se um debate, de uma lado, Santa Rita
com seus atores iniciantes, um espetáculo regionalista, ESPANTA GATO, uma
interpretação justa e corajosa, de jovens talentosos, e, do outro lado, um
espetáculo clássico, O INSPETOR GERAL, do renomado dramaturgo Nikolai Gogol,
feito por acadêmicos, gente que estuda profundamente a arte de representar e
fomos vitoriosos na batalha do debate. Depois, surgiam vários espetáculos, EU
CHOVO, TU CHOVES, da renomada Silvia Orttof, espetáculo infantil, onde fizemos
uma turnê de Fevereiro a novembro de 2006, em todo eixo escolar municipal da
grande Santa Rita ,patrocinada pela Secretaria de Educação, através do Ong
Emcumbe. O ANJO E A SERPENTE de Jacinto Moreno, PALHAÇOS de Marcos Pequeno, o
VELÓRIO de Elpidio Navarro, e muitos outros, sob a direção de Jacinto Moreno. O
antigo teatro municipal, chamado "Teatro Oficina das Artes",
funcionava no bairro da Liberdade (Centro) e foi demolido pelo poder público
municipal, para dar lugar a um banco particular. Juntamente, foram extintos a
banda filarmônica e o grupo de cultura popular Massapê, que ali existiam.



Atualmente a cidade só dispõe de um
teatro particular no Conjunto Tibiri  II 
.  O teatro, de propriedade do
dramaturgo, professor, ator e diretor teatral Ivonaldo Rodrigues (cujo teatro
tem seu mesmo nome). Neste mesmo teatro todos os anos acontece o
"Festaty" (Festival de Teatro de Tibri II), que vai na sua
décima-quinta edição. Além de um festival anual, o Teatro Ivonaldo Rodrigues
faz já há três anos a "Mostra Cultural", que dura um semana e
acontece sempre no mês de maio.



 



Admin · 5 vistos · Deixe um comentário

Página precedente  1, 2, 3, 4, 5, 6  Próxima página